- - -
IPPF/Tommy Trenchard

Resources

Latest resources from across the federation and our partners

Spotlight

A selection of resources from across the Federation

come together
Resource

Come Together: IPPF Strategy 2028

6 May 2015

Strategy 2028 is about changing IPPF so it is well equipped to uphold SRHR for those who are left out, locked out or left behind.

Filter our resources by:

n/a
Resource

| 11 March 2022

IPPF Policy Handbook

IPPF's Policy Handbook in various languages – updated in November 2022.

n/a
Resource

| 08 February 2023

IPPF Policy Handbook

IPPF's Policy Handbook in various languages – updated in November 2022.

5 healthcare volunteers in El Salvador - IPPF/Carlos Barrientos
Resource

| 22 February 2022

Delivering no matter what: IPPF’s response to the COVID-19 pandemic

All around the world, the COVID-19 pandemic has, and continues to change the way that people live and the way that they experience sexual and reproductive health and rights. The COVID-19 pandemic has been transformative for IPPF as it has necessitated rapid, dramatic shifts in healthcare and programme delivery so that IPPF can continue meeting the needs of their clients and communities. In the first half of 2020, the Federation responded rapidly by convening a strong, multi-faceted global coordination mechanism – a COVID-19 Task Force – that serves to gather and disseminate intelligence about the pandemic; to lead strategic, joined up actions and learning; and to scale up innovations, all with the aim of supporting Member Associations (MAs) to deliver services in exceptionally difficult contexts. Working together, we have found solutions to provide ever more options and routes for rights-based support and care. Many of these will endure long past the pandemic. Read the report below for more. 

5 healthcare volunteers in El Salvador - IPPF/Carlos Barrientos
Resource

| 21 February 2022

Delivering no matter what: IPPF’s response to the COVID-19 pandemic

All around the world, the COVID-19 pandemic has, and continues to change the way that people live and the way that they experience sexual and reproductive health and rights. The COVID-19 pandemic has been transformative for IPPF as it has necessitated rapid, dramatic shifts in healthcare and programme delivery so that IPPF can continue meeting the needs of their clients and communities. In the first half of 2020, the Federation responded rapidly by convening a strong, multi-faceted global coordination mechanism – a COVID-19 Task Force – that serves to gather and disseminate intelligence about the pandemic; to lead strategic, joined up actions and learning; and to scale up innovations, all with the aim of supporting Member Associations (MAs) to deliver services in exceptionally difficult contexts. Working together, we have found solutions to provide ever more options and routes for rights-based support and care. Many of these will endure long past the pandemic. Read the report below for more. 

technical brief humanitarian
Resource

| 10 January 2022

Technical Brief on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, we present promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE, specifically when operating in protracted humanitarian crisis environments and call the humanitarian community to action to recognize and adolescent sexual and reproductive health (ASRH) needs and rights in emergency response programming. This technical brief is available below in English, Arabic, French, and Spanish.

technical brief humanitarian
Resource

| 08 February 2023

Technical Brief on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, we present promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE, specifically when operating in protracted humanitarian crisis environments and call the humanitarian community to action to recognize and adolescent sexual and reproductive health (ASRH) needs and rights in emergency response programming. This technical brief is available below in English, Arabic, French, and Spanish.

 IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022
Resource

| 23 December 2021

IMAP Statement on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

IPPF envisions a world where “all people are free to make choices about their sexuality and well-being in a world without discrimination.” Therefore, Member Associations must strive to reach all adolescents with rights-based and contextually-relevant CSE to realize their sexual rights. In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, this statement brings together promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE in protracted humanitarian crisis environments.  The statement also serves as a call to action for the humanitarian community to recognize and resource sexual and reproductive health (SRH) needs and rights of adolescents in emergency responses.  Download the statement in English, French, Spanish, or Arabic.

 IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022
Resource

| 08 February 2023

IMAP Statement on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

IPPF envisions a world where “all people are free to make choices about their sexuality and well-being in a world without discrimination.” Therefore, Member Associations must strive to reach all adolescents with rights-based and contextually-relevant CSE to realize their sexual rights. In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, this statement brings together promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE in protracted humanitarian crisis environments.  The statement also serves as a call to action for the humanitarian community to recognize and resource sexual and reproductive health (SRH) needs and rights of adolescents in emergency responses.  Download the statement in English, French, Spanish, or Arabic.

Abla Abassa, community health worker in Ilama gives Essivi Koutchona, 45, the injectable in Ilama village, Togo.
Resource

| 07 December 2021

IPPF position paper: Universal health coverage and sexual and reproductive health and rights

IPPF’s vision is of a world where all people are free to make choices about their sexuality and well‑being, without discrimination. This position paper articulates IPPF’s priorities in relation to Universal Health Coverage (UHC) and sexual and reproductive health and rights (SRHR) and aims to provide guidance for IPPF Member Associations (MAs) and the Federation at large. It was produced through a consultation process involving representatives from MAs and IPPF’s Secretariat through workshop discussions, key informant interviews, and document reviews. The paper is not meant to be a detailed, operational ‘how to’ tool. Instead, it intends to strengthen IPPF MAs’ and other organizations’ understanding of evidence‑based approaches to scaling up and/or institutionalizing access to sexual and reproductive health (SRH) services and care within a UHC framework. It also highlights key entry points to lead and support such approaches. This position paper is available below in English, French, and Spanish. 

Abla Abassa, community health worker in Ilama gives Essivi Koutchona, 45, the injectable in Ilama village, Togo.
Resource

| 08 February 2023

IPPF position paper: Universal health coverage and sexual and reproductive health and rights

IPPF’s vision is of a world where all people are free to make choices about their sexuality and well‑being, without discrimination. This position paper articulates IPPF’s priorities in relation to Universal Health Coverage (UHC) and sexual and reproductive health and rights (SRHR) and aims to provide guidance for IPPF Member Associations (MAs) and the Federation at large. It was produced through a consultation process involving representatives from MAs and IPPF’s Secretariat through workshop discussions, key informant interviews, and document reviews. The paper is not meant to be a detailed, operational ‘how to’ tool. Instead, it intends to strengthen IPPF MAs’ and other organizations’ understanding of evidence‑based approaches to scaling up and/or institutionalizing access to sexual and reproductive health (SRH) services and care within a UHC framework. It also highlights key entry points to lead and support such approaches. This position paper is available below in English, French, and Spanish. 

A positive pregnancy test
Resource

| 03 November 2021

A história do aborto de Ada

A história do aborto de AdaAcompanhe Ada para descobrir sua história. Como muitas pessoas, ela acabou de descobrir que está grávida, mas não tem condições de cuidar de outra criança. Ela decidiu fazer um aborto. Quais serão suas opções e o que ela escolherá? Reserve alguns minutos hoje para conhecer sua jornada e clique aqui para começar ...Seu nome é Ada. Você descobriu que está grávida, mas você não tem condições de cuidar de outra criança. Você decidiu fazer um aborto.O que você faz?Na internet, você descobre a https://safe2choose.org/pt/. No site, você lê sobre a atenção ao aborto disponível em seu país e sobre outras pessoas que também fizeram um aborto. Você também encontra um número de telefone gratuito de uma associação membra da IPPF em seu país que oferece informações e apoio para abortar.Você decide de:Você liga para sua amiga Maryam, que te conta que conhece muitas mulheres que fizeram um ou mais abortos. Ela diz que ela mesma fez dois. Ela dá conselhos sobre como encontrar informações online e também sobre a clínica onde ela fez seus abortos.Você decide de:Falar com uma conselheira safe2choose por chat ao vivo, ela te oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento em seu idioma, gratuitamente. Você descobre que existem dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital denominado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:Você fala com um serviço de saúde membro da IPPF, que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento sobre suas opções. Lá, te explicam os dois tipos de aborto disponíveis para você, que as conselheiras da safe2choose também haviam explicado - aborto medicamentoso com pílulas e aspiração manual a vácuo (AMIU).Você decide de:Elas explicam dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico conhecido como aspiração manual intrauterina (AMIU) que é realizado com um dispositivo de sucção que serve para remover a gravidez. Esta opção é comumente usada até 13 semanas de gestação e dura cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que envolve a ingestão de comprimidos para provocar o aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 ou 13 semanas de gestação e pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de:On the internet, you discover safe2choose.org and read on their website about available abortion care in your country and about others who have also had an abortion. You speak to one of their counsellors by live chat, and she offers confidential and non-judgmental counselling in your language, free of charge.You learn that there are two types of abortion available to you:• An in-clinic procedure called a manual vacuum aspiration (MVA), which includes the use of a suction device to remove the pregnancy. This option is typically offered up to 13 weeks of gestation and takes about 10-15 minutes.• A medical abortion, which involves taking pills to induce an abortion. This option is typically offered up to 13 weeks in-clinic or up to 12 weeks at home.You decide to:Você fez a escolha que melhor se adapta às suas necessidades e situação, e foi apoiada durante todo o processo. A safe2choose.org e a IPPF oferecem informações, apoio e uma gama de opções para o atendimento ao aborto centrado na pessoa e baseado em direitos para todas as pessoas, independentemente de sua idade, religião, nacionalidade ou classe social. A equipe de conselheiras internacionais da safe2choose está aqui para apoiar durante todo o processo, a qualquer momento. A IPPF oferece atendimento ao aborto de qualidade e sem julgamento através de clínicas locais, atendimento baseado na comunidade, aconselhamento remoto e apoio ao aborto medicamentoso autogerido.Para obter mais informações, por faor visite os seguintes sites:• Informações de safe2choose sobre abortamento medicamentoso e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Vídeos curtos da IPPF sobre aborto médico e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Marcas de pílulas abortivas disponíveis em cada país - safe2choose information and MedAb.orgVocê conversa com uma parteira em uma clínica membra da IPPF que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamentos sobre suas opções. Ela te explica dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico, chamado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:You've made the choice that best suits your needs and situation, and you've been supported to do so throughout the process.Abortions are very common and one of the safest medical procedures when done under the right conditions and with the right information. Everyone regardless of their age, religion, nationality or social class deserves access to a safe abortion. safe2choose.org and IPPF offer information, support and a range of options for person-centred and rights-based abortion care.safe2choose's team of international counsellors are here to support you throughout the process at anytime.Você fala com uma pessoa da clínica membra da IPPF que te proporciona aconselhamento confidencial, sem julgamento, sobre suas opções. Ela te explica que há dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital chamado aspiração manual intrauterina (AMIU) que envolve o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que consiste na ingestão de pílulas para induzir o aborto. Esta opção, geralmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação, pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de: Also available in English, French, and Spanish

A positive pregnancy test
Resource

| 03 November 2021

A história do aborto de Ada

A história do aborto de AdaAcompanhe Ada para descobrir sua história. Como muitas pessoas, ela acabou de descobrir que está grávida, mas não tem condições de cuidar de outra criança. Ela decidiu fazer um aborto. Quais serão suas opções e o que ela escolherá? Reserve alguns minutos hoje para conhecer sua jornada e clique aqui para começar ...Seu nome é Ada. Você descobriu que está grávida, mas você não tem condições de cuidar de outra criança. Você decidiu fazer um aborto.O que você faz?Na internet, você descobre a https://safe2choose.org/pt/. No site, você lê sobre a atenção ao aborto disponível em seu país e sobre outras pessoas que também fizeram um aborto. Você também encontra um número de telefone gratuito de uma associação membra da IPPF em seu país que oferece informações e apoio para abortar.Você decide de:Você liga para sua amiga Maryam, que te conta que conhece muitas mulheres que fizeram um ou mais abortos. Ela diz que ela mesma fez dois. Ela dá conselhos sobre como encontrar informações online e também sobre a clínica onde ela fez seus abortos.Você decide de:Falar com uma conselheira safe2choose por chat ao vivo, ela te oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento em seu idioma, gratuitamente. Você descobre que existem dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital denominado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:Você fala com um serviço de saúde membro da IPPF, que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento sobre suas opções. Lá, te explicam os dois tipos de aborto disponíveis para você, que as conselheiras da safe2choose também haviam explicado - aborto medicamentoso com pílulas e aspiração manual a vácuo (AMIU).Você decide de:Elas explicam dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico conhecido como aspiração manual intrauterina (AMIU) que é realizado com um dispositivo de sucção que serve para remover a gravidez. Esta opção é comumente usada até 13 semanas de gestação e dura cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que envolve a ingestão de comprimidos para provocar o aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 ou 13 semanas de gestação e pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de:On the internet, you discover safe2choose.org and read on their website about available abortion care in your country and about others who have also had an abortion. You speak to one of their counsellors by live chat, and she offers confidential and non-judgmental counselling in your language, free of charge.You learn that there are two types of abortion available to you:• An in-clinic procedure called a manual vacuum aspiration (MVA), which includes the use of a suction device to remove the pregnancy. This option is typically offered up to 13 weeks of gestation and takes about 10-15 minutes.• A medical abortion, which involves taking pills to induce an abortion. This option is typically offered up to 13 weeks in-clinic or up to 12 weeks at home.You decide to:Você fez a escolha que melhor se adapta às suas necessidades e situação, e foi apoiada durante todo o processo. A safe2choose.org e a IPPF oferecem informações, apoio e uma gama de opções para o atendimento ao aborto centrado na pessoa e baseado em direitos para todas as pessoas, independentemente de sua idade, religião, nacionalidade ou classe social. A equipe de conselheiras internacionais da safe2choose está aqui para apoiar durante todo o processo, a qualquer momento. A IPPF oferece atendimento ao aborto de qualidade e sem julgamento através de clínicas locais, atendimento baseado na comunidade, aconselhamento remoto e apoio ao aborto medicamentoso autogerido.Para obter mais informações, por faor visite os seguintes sites:• Informações de safe2choose sobre abortamento medicamentoso e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Vídeos curtos da IPPF sobre aborto médico e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Marcas de pílulas abortivas disponíveis em cada país - safe2choose information and MedAb.orgVocê conversa com uma parteira em uma clínica membra da IPPF que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamentos sobre suas opções. Ela te explica dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico, chamado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:You've made the choice that best suits your needs and situation, and you've been supported to do so throughout the process.Abortions are very common and one of the safest medical procedures when done under the right conditions and with the right information. Everyone regardless of their age, religion, nationality or social class deserves access to a safe abortion. safe2choose.org and IPPF offer information, support and a range of options for person-centred and rights-based abortion care.safe2choose's team of international counsellors are here to support you throughout the process at anytime.Você fala com uma pessoa da clínica membra da IPPF que te proporciona aconselhamento confidencial, sem julgamento, sobre suas opções. Ela te explica que há dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital chamado aspiração manual intrauterina (AMIU) que envolve o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que consiste na ingestão de pílulas para induzir o aborto. Esta opção, geralmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação, pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de: Also available in English, French, and Spanish

n/a
Resource

| 11 March 2022

IPPF Policy Handbook

IPPF's Policy Handbook in various languages – updated in November 2022.

n/a
Resource

| 08 February 2023

IPPF Policy Handbook

IPPF's Policy Handbook in various languages – updated in November 2022.

5 healthcare volunteers in El Salvador - IPPF/Carlos Barrientos
Resource

| 22 February 2022

Delivering no matter what: IPPF’s response to the COVID-19 pandemic

All around the world, the COVID-19 pandemic has, and continues to change the way that people live and the way that they experience sexual and reproductive health and rights. The COVID-19 pandemic has been transformative for IPPF as it has necessitated rapid, dramatic shifts in healthcare and programme delivery so that IPPF can continue meeting the needs of their clients and communities. In the first half of 2020, the Federation responded rapidly by convening a strong, multi-faceted global coordination mechanism – a COVID-19 Task Force – that serves to gather and disseminate intelligence about the pandemic; to lead strategic, joined up actions and learning; and to scale up innovations, all with the aim of supporting Member Associations (MAs) to deliver services in exceptionally difficult contexts. Working together, we have found solutions to provide ever more options and routes for rights-based support and care. Many of these will endure long past the pandemic. Read the report below for more. 

5 healthcare volunteers in El Salvador - IPPF/Carlos Barrientos
Resource

| 21 February 2022

Delivering no matter what: IPPF’s response to the COVID-19 pandemic

All around the world, the COVID-19 pandemic has, and continues to change the way that people live and the way that they experience sexual and reproductive health and rights. The COVID-19 pandemic has been transformative for IPPF as it has necessitated rapid, dramatic shifts in healthcare and programme delivery so that IPPF can continue meeting the needs of their clients and communities. In the first half of 2020, the Federation responded rapidly by convening a strong, multi-faceted global coordination mechanism – a COVID-19 Task Force – that serves to gather and disseminate intelligence about the pandemic; to lead strategic, joined up actions and learning; and to scale up innovations, all with the aim of supporting Member Associations (MAs) to deliver services in exceptionally difficult contexts. Working together, we have found solutions to provide ever more options and routes for rights-based support and care. Many of these will endure long past the pandemic. Read the report below for more. 

technical brief humanitarian
Resource

| 10 January 2022

Technical Brief on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, we present promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE, specifically when operating in protracted humanitarian crisis environments and call the humanitarian community to action to recognize and adolescent sexual and reproductive health (ASRH) needs and rights in emergency response programming. This technical brief is available below in English, Arabic, French, and Spanish.

technical brief humanitarian
Resource

| 08 February 2023

Technical Brief on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, we present promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE, specifically when operating in protracted humanitarian crisis environments and call the humanitarian community to action to recognize and adolescent sexual and reproductive health (ASRH) needs and rights in emergency response programming. This technical brief is available below in English, Arabic, French, and Spanish.

 IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022
Resource

| 23 December 2021

IMAP Statement on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

IPPF envisions a world where “all people are free to make choices about their sexuality and well-being in a world without discrimination.” Therefore, Member Associations must strive to reach all adolescents with rights-based and contextually-relevant CSE to realize their sexual rights. In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, this statement brings together promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE in protracted humanitarian crisis environments.  The statement also serves as a call to action for the humanitarian community to recognize and resource sexual and reproductive health (SRH) needs and rights of adolescents in emergency responses.  Download the statement in English, French, Spanish, or Arabic.

 IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022
Resource

| 08 February 2023

IMAP Statement on Comprehensive Sexuality Education for Adolescents in Protracted Humanitarian Settings

IPPF envisions a world where “all people are free to make choices about their sexuality and well-being in a world without discrimination.” Therefore, Member Associations must strive to reach all adolescents with rights-based and contextually-relevant CSE to realize their sexual rights. In line with the IPPF Humanitarian Strategy 2018–2022, this statement brings together promising practices to guide IPPF Member Associations and partners in the provision of CSE in protracted humanitarian crisis environments.  The statement also serves as a call to action for the humanitarian community to recognize and resource sexual and reproductive health (SRH) needs and rights of adolescents in emergency responses.  Download the statement in English, French, Spanish, or Arabic.

Abla Abassa, community health worker in Ilama gives Essivi Koutchona, 45, the injectable in Ilama village, Togo.
Resource

| 07 December 2021

IPPF position paper: Universal health coverage and sexual and reproductive health and rights

IPPF’s vision is of a world where all people are free to make choices about their sexuality and well‑being, without discrimination. This position paper articulates IPPF’s priorities in relation to Universal Health Coverage (UHC) and sexual and reproductive health and rights (SRHR) and aims to provide guidance for IPPF Member Associations (MAs) and the Federation at large. It was produced through a consultation process involving representatives from MAs and IPPF’s Secretariat through workshop discussions, key informant interviews, and document reviews. The paper is not meant to be a detailed, operational ‘how to’ tool. Instead, it intends to strengthen IPPF MAs’ and other organizations’ understanding of evidence‑based approaches to scaling up and/or institutionalizing access to sexual and reproductive health (SRH) services and care within a UHC framework. It also highlights key entry points to lead and support such approaches. This position paper is available below in English, French, and Spanish. 

Abla Abassa, community health worker in Ilama gives Essivi Koutchona, 45, the injectable in Ilama village, Togo.
Resource

| 08 February 2023

IPPF position paper: Universal health coverage and sexual and reproductive health and rights

IPPF’s vision is of a world where all people are free to make choices about their sexuality and well‑being, without discrimination. This position paper articulates IPPF’s priorities in relation to Universal Health Coverage (UHC) and sexual and reproductive health and rights (SRHR) and aims to provide guidance for IPPF Member Associations (MAs) and the Federation at large. It was produced through a consultation process involving representatives from MAs and IPPF’s Secretariat through workshop discussions, key informant interviews, and document reviews. The paper is not meant to be a detailed, operational ‘how to’ tool. Instead, it intends to strengthen IPPF MAs’ and other organizations’ understanding of evidence‑based approaches to scaling up and/or institutionalizing access to sexual and reproductive health (SRH) services and care within a UHC framework. It also highlights key entry points to lead and support such approaches. This position paper is available below in English, French, and Spanish. 

A positive pregnancy test
Resource

| 03 November 2021

A história do aborto de Ada

A história do aborto de AdaAcompanhe Ada para descobrir sua história. Como muitas pessoas, ela acabou de descobrir que está grávida, mas não tem condições de cuidar de outra criança. Ela decidiu fazer um aborto. Quais serão suas opções e o que ela escolherá? Reserve alguns minutos hoje para conhecer sua jornada e clique aqui para começar ...Seu nome é Ada. Você descobriu que está grávida, mas você não tem condições de cuidar de outra criança. Você decidiu fazer um aborto.O que você faz?Na internet, você descobre a https://safe2choose.org/pt/. No site, você lê sobre a atenção ao aborto disponível em seu país e sobre outras pessoas que também fizeram um aborto. Você também encontra um número de telefone gratuito de uma associação membra da IPPF em seu país que oferece informações e apoio para abortar.Você decide de:Você liga para sua amiga Maryam, que te conta que conhece muitas mulheres que fizeram um ou mais abortos. Ela diz que ela mesma fez dois. Ela dá conselhos sobre como encontrar informações online e também sobre a clínica onde ela fez seus abortos.Você decide de:Falar com uma conselheira safe2choose por chat ao vivo, ela te oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento em seu idioma, gratuitamente. Você descobre que existem dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital denominado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:Você fala com um serviço de saúde membro da IPPF, que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento sobre suas opções. Lá, te explicam os dois tipos de aborto disponíveis para você, que as conselheiras da safe2choose também haviam explicado - aborto medicamentoso com pílulas e aspiração manual a vácuo (AMIU).Você decide de:Elas explicam dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico conhecido como aspiração manual intrauterina (AMIU) que é realizado com um dispositivo de sucção que serve para remover a gravidez. Esta opção é comumente usada até 13 semanas de gestação e dura cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que envolve a ingestão de comprimidos para provocar o aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 ou 13 semanas de gestação e pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de:On the internet, you discover safe2choose.org and read on their website about available abortion care in your country and about others who have also had an abortion. You speak to one of their counsellors by live chat, and she offers confidential and non-judgmental counselling in your language, free of charge.You learn that there are two types of abortion available to you:• An in-clinic procedure called a manual vacuum aspiration (MVA), which includes the use of a suction device to remove the pregnancy. This option is typically offered up to 13 weeks of gestation and takes about 10-15 minutes.• A medical abortion, which involves taking pills to induce an abortion. This option is typically offered up to 13 weeks in-clinic or up to 12 weeks at home.You decide to:Você fez a escolha que melhor se adapta às suas necessidades e situação, e foi apoiada durante todo o processo. A safe2choose.org e a IPPF oferecem informações, apoio e uma gama de opções para o atendimento ao aborto centrado na pessoa e baseado em direitos para todas as pessoas, independentemente de sua idade, religião, nacionalidade ou classe social. A equipe de conselheiras internacionais da safe2choose está aqui para apoiar durante todo o processo, a qualquer momento. A IPPF oferece atendimento ao aborto de qualidade e sem julgamento através de clínicas locais, atendimento baseado na comunidade, aconselhamento remoto e apoio ao aborto medicamentoso autogerido.Para obter mais informações, por faor visite os seguintes sites:• Informações de safe2choose sobre abortamento medicamentoso e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Vídeos curtos da IPPF sobre aborto médico e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Marcas de pílulas abortivas disponíveis em cada país - safe2choose information and MedAb.orgVocê conversa com uma parteira em uma clínica membra da IPPF que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamentos sobre suas opções. Ela te explica dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico, chamado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:You've made the choice that best suits your needs and situation, and you've been supported to do so throughout the process.Abortions are very common and one of the safest medical procedures when done under the right conditions and with the right information. Everyone regardless of their age, religion, nationality or social class deserves access to a safe abortion. safe2choose.org and IPPF offer information, support and a range of options for person-centred and rights-based abortion care.safe2choose's team of international counsellors are here to support you throughout the process at anytime.Você fala com uma pessoa da clínica membra da IPPF que te proporciona aconselhamento confidencial, sem julgamento, sobre suas opções. Ela te explica que há dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital chamado aspiração manual intrauterina (AMIU) que envolve o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que consiste na ingestão de pílulas para induzir o aborto. Esta opção, geralmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação, pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de: Also available in English, French, and Spanish

A positive pregnancy test
Resource

| 03 November 2021

A história do aborto de Ada

A história do aborto de AdaAcompanhe Ada para descobrir sua história. Como muitas pessoas, ela acabou de descobrir que está grávida, mas não tem condições de cuidar de outra criança. Ela decidiu fazer um aborto. Quais serão suas opções e o que ela escolherá? Reserve alguns minutos hoje para conhecer sua jornada e clique aqui para começar ...Seu nome é Ada. Você descobriu que está grávida, mas você não tem condições de cuidar de outra criança. Você decidiu fazer um aborto.O que você faz?Na internet, você descobre a https://safe2choose.org/pt/. No site, você lê sobre a atenção ao aborto disponível em seu país e sobre outras pessoas que também fizeram um aborto. Você também encontra um número de telefone gratuito de uma associação membra da IPPF em seu país que oferece informações e apoio para abortar.Você decide de:Você liga para sua amiga Maryam, que te conta que conhece muitas mulheres que fizeram um ou mais abortos. Ela diz que ela mesma fez dois. Ela dá conselhos sobre como encontrar informações online e também sobre a clínica onde ela fez seus abortos.Você decide de:Falar com uma conselheira safe2choose por chat ao vivo, ela te oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento em seu idioma, gratuitamente. Você descobre que existem dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital denominado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:Você fala com um serviço de saúde membro da IPPF, que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamento sobre suas opções. Lá, te explicam os dois tipos de aborto disponíveis para você, que as conselheiras da safe2choose também haviam explicado - aborto medicamentoso com pílulas e aspiração manual a vácuo (AMIU).Você decide de:Elas explicam dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico conhecido como aspiração manual intrauterina (AMIU) que é realizado com um dispositivo de sucção que serve para remover a gravidez. Esta opção é comumente usada até 13 semanas de gestação e dura cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que envolve a ingestão de comprimidos para provocar o aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 ou 13 semanas de gestação e pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de:On the internet, you discover safe2choose.org and read on their website about available abortion care in your country and about others who have also had an abortion. You speak to one of their counsellors by live chat, and she offers confidential and non-judgmental counselling in your language, free of charge.You learn that there are two types of abortion available to you:• An in-clinic procedure called a manual vacuum aspiration (MVA), which includes the use of a suction device to remove the pregnancy. This option is typically offered up to 13 weeks of gestation and takes about 10-15 minutes.• A medical abortion, which involves taking pills to induce an abortion. This option is typically offered up to 13 weeks in-clinic or up to 12 weeks at home.You decide to:Você fez a escolha que melhor se adapta às suas necessidades e situação, e foi apoiada durante todo o processo. A safe2choose.org e a IPPF oferecem informações, apoio e uma gama de opções para o atendimento ao aborto centrado na pessoa e baseado em direitos para todas as pessoas, independentemente de sua idade, religião, nacionalidade ou classe social. A equipe de conselheiras internacionais da safe2choose está aqui para apoiar durante todo o processo, a qualquer momento. A IPPF oferece atendimento ao aborto de qualidade e sem julgamento através de clínicas locais, atendimento baseado na comunidade, aconselhamento remoto e apoio ao aborto medicamentoso autogerido.Para obter mais informações, por faor visite os seguintes sites:• Informações de safe2choose sobre abortamento medicamentoso e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Vídeos curtos da IPPF sobre aborto médico e aspiração manual a vácuo (AMIU)• Marcas de pílulas abortivas disponíveis em cada país - safe2choose information and MedAb.orgVocê conversa com uma parteira em uma clínica membra da IPPF que oferece aconselhamento confidencial e sem julgamentos sobre suas opções. Ela te explica dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento clínico, chamado aspiração manual intrauterina (AMIU), que inclui o uso de dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva cerca de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso, que consiste em tomar comprimidos para induzir um aborto. Esta opção é normalmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação e pode ser feita na clínica ou em casa.Você decide de:You've made the choice that best suits your needs and situation, and you've been supported to do so throughout the process.Abortions are very common and one of the safest medical procedures when done under the right conditions and with the right information. Everyone regardless of their age, religion, nationality or social class deserves access to a safe abortion. safe2choose.org and IPPF offer information, support and a range of options for person-centred and rights-based abortion care.safe2choose's team of international counsellors are here to support you throughout the process at anytime.Você fala com uma pessoa da clínica membra da IPPF que te proporciona aconselhamento confidencial, sem julgamento, sobre suas opções. Ela te explica que há dois tipos de aborto disponíveis para você: • Um procedimento no hospital chamado aspiração manual intrauterina (AMIU) que envolve o uso de um dispositivo de sucção para remover a gravidez. Esta opção é normalmente oferecida até 13 semanas de gestação e leva de 10 a 15 minutos. • Um aborto medicamentoso que consiste na ingestão de pílulas para induzir o aborto. Esta opção, geralmente oferecida até 12 a 13 semanas de gestação, pode ser realizada na clínica ou em casa.Você decide de: Also available in English, French, and Spanish